No Whey Yes Protein ⭐ Conheça os 40 motivos para trocar
40 MOTIVOS No Whey Yes Protein
Ícone de uma Árvore pelo meio ambiente
Ícone de uma Pata pelos animais
Ícone de coração pela sua saúde

1 - Clean Label

A biO2 Protein é clean label, ou seja, utiliza a menor quantidade possível de ingredientes, cada um cuidadosamente selecionado e com um propósito específico.

2 - Sem glúten

Assim como todos os produtos da biO2, a biO2 Protein é livre de glúten e segura aos intolerantes e celíacos.

3 - Sem adoçantes e polióis

A biO2 Protein não possui adição de ingredientes artificiais como adoçantes, edulcorantes ou polióis.

4 - Sem ingredientes artificiais

A biO2 Protein é livre de ingredientes artificiais, como corantes, aromas, conservantes e espessantes, garantindo um produto saudável de verdade!

5 - Sem lactose

Cerca de 75% da população mundial possui algum grau de intolerância à lactose, de acordo com o Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos (NIH). A biO2 Protein é livre de lactose, caseína e seguro aos intolerantes.

6 - Baixo teor de gordura saturada

De acordo com o Guia Alimentar para a População Brasileira “Alimentos de origem animal podem apresentar elevada quantidade de calorias por grama e teor excessivo de gorduras não saudáveis (chamadas gorduras saturadas), características que podem favorecer o risco de obesidade, de doenças do coração e de outras doenças crônicas.” 

7 - Saúde e Bem-Estar

A biO2 Protein pode contribuir para uma dieta mais equilibrada e diversificada, reduzindo o risco de doenças associadas ao consumo excessivo de produtos de origem animal, como DCV e obesidade.

8 - Fonte natural e vegetal

O whey protein, derivado do soro do leite, é uma fonte de proteína animal, enquanto o biO2 Protein é feito a partir de fontes naturais e vegetais, como o arroz, ervilha e chia, e é certificada pela SVB como produto vegano.

logo-svb

9 - Muito além de proteínas

Na biO2 Protein você encontra uma fonte completa de nutrição. Além das proteínas de alta qualidade, oferece fibras, antioxidantes e diversos outros nutrientes essenciais para a sua saúde.

10 - Não precisamos de leite

Até hoje, nenhum estudo conseguiu comprovar que o consumo de leite é essencial para nossa sobrevivência. Além disso, a exclusão do leite de vaca da alimentação não é prejudicial à saúde para quem segue uma dieta balanceada, de acordo com o Guia Alimentar para a População Brasileira. Portanto, considere optar pela biO2 Protein, que é livre de crueldade, caseína e lactose.

11 - Todos os aminoácidos essenciais

Na biO2 Protein você encontra uma fonte completa de nutrição. Além das proteínas de alta qualidade, oferece fibras, antioxidantes e diversos outros nutrientes essenciais para a sua saúde.

Ícone de uma Pata pelos animais

12 - Ética e Respeito aos Animais

A biO2 adota uma política de respeito aos seres humanos e não humanos, rejeitando a exploração financeira e econômica de animais não humanos.

13 - Direito à Liberdade

Nosso compromisso inclui não ferir o direito à liberdade dos animais.

14 - Contra a Crueldade Animal

Com biO2 Protein, você não compactua com maus-tratos e crueldade contra os animais.

15 - Igualdade de Direitos

Buscamos garantir o direito à vida de todos os seres com igualdade.

16 - Eliminação do Sofrimento Animal

Optar pela biO2 Protein contribui para a redução do sofrimento dos animais, especialmente os filhotes machos que são frequentemente sacrificados na indústria de laticínios.

17 - Bem-Estar Animal

Ao escolher biO2 Protein, você escolhe um caminho que não envolve tratamentos químicos agressivos nem inseminação artificial em animais.

18 - Bezerros “descartados” ao nascer

Os bezerros geralmente são mortos logo após o nascimento. Ou sofrem com a prática de carne de vitela, onde os bezerros são mantidos anêmicos e fracos, em locais escuros e apertados que impedem a movimentação, para que a carne fique clara e macia ao abate. Não há legislação que proíba essa prática cruel.

19 - Bem-estar dos bezerros machos

Como não podem ser integrados ao ciclo produtivo, são tratados como subprodutos do sistema. As alternativas mais comuns atualmente são a criação de vitelo, que impõe severas restrições ao bem-estar dos animais, ou o abate na primeira semana de vida.

20 - Não compactuação com inseminação artificial

Para produzir leite, uma vaca precisa dar à luz repetidamente. Para isso acontecer, ela é submetida ao processo de inseminação artificial.

21 - Nenhum bezerro é separado da sua mãe

Quando o bezerro nasce, ele é separado à força para não afetar a produção de leite da sua mãe.

22 - Não deixamos bezerros sem leite

A composição nutricional e imunológica do leite da vaca é para atender as necessidades fisiológicas do bezerro e não as nossas. Ao consumir leite e seus derivados, como whey protein ou queijo, você está privando um filhote de seu alimento.

23 - Whey vem de gado doente

Neste processo, a vaca não usufrui de sua liberdade, está aprisionada, sob medicação constante, antibióticos, e, na maioria das vezes, doente. 20 a 38% do rebanho bovino brasileiro tem mastite, inflamação da glândula mamária.

24 - Vacas no ciclo natural da vida

As vacas são mortas quando a produção de leite diminui. Nenhuma vaca pode viver sua vida natural que vai até os 25 anos de idade. Quando a vaca não pode mais gerar dinheiro, ela é abatida e sua carne vendida.

25 - Leite contaminado

O leite comercializado pode conter uma série de contaminantes, incluindo antibióticos e hormônios. No Brasil, é permitido um nível de até 1 milhão de células de pus e sangue por mililitro de leite.

Ícone de uma Árvore pelo meio ambiente

26 - Origem Sustentável

Enquanto o whey protein deriva do leite, cuja produção levanta questões éticas, o biO2 Protein provém de fontes vegetais sustentáveis.

27 - Impacto Ambiental Reduzido

Optar por biO2 Protein significa menos demanda por produtos de origem animal, reduzindo o impacto ambiental associado à produção de laticínios.

28 - Sustentabilidade

A produção de biO2 Protein é mais sustentável a longo prazo, reduzindo a dependência de recursos escassos e diminuindo a pressão sobre o meio ambiente.

29 - Qualidade Garantida

biO2 Protein oferece uma fonte confiável de proteínas e nutrientes, livre de substâncias químicas desnecessárias e aditivos prejudiciais à saúde.

30 - Responsabilidade Ambiental

Optar por biO2 Protein significa apoiar práticas agrícolas mais sustentáveis, que respeitam o meio ambiente e promovem a biodiversidade.

31 - Consciência Alimentar

Escolher biO2 Protein é fazer uma escolha consciente, ética, alinhada com valores de respeito à vida e ao meio ambiente.

32 - Inovação Sustentável

Ao investir na biO2 Protein, estamos apoiando a inovação e o desenvolvimento de alternativas mais sustentáveis para a indústria alimentícia.

33 - Impacto Positivo

Ao escolher biO2 Protein, estamos contribuindo para um mundo mais ético, sustentável e compassivo.

34 - Redução das emissões de gases de efeito estufa

Escolhendo biO2 Protein, contribuímos na diminuição das emissões de gases de efeito estufa associadas à produção de proteínas de origem animal, contribuindo para a luta contra as mudanças climáticas.

35 - Desestímulo à Indústria de Rações

Ao optar por biO2 Protein, você não apoia a indústria de rações, que é, de acordo com Pesquisa realizada pela Agência Alemã do Meio Ambiente (UBA), responsável por cerca de 71% das terras aráveis do mundo, contribuindo para a degradação ambiental e a monocultura.

36 - Redução da Dependência Farmacêutica

Além disso, escolhendo biO2 Protein, você não incentiva a indústria farmacêutica e veterinária na produção em larga escala de drogas e antibióticos, necessários para manter milhões de vacas em condições de produção intensiva.

37 - Plantas, ao invés de animais

A fonte financeira do biO2 Protein são agricultores, florestas, árvores em pé e plantas.

38 - Menos agressão do meio ambiente

A quantidade de água, solo, ração, fezes, e urina, utilizados e gerados pelas vacas, que são seres de grande porte, causam muitos danos ao meio ambiente.

39 - Consciência limpa

Escolher biO2 Protein é tomar uma posição contra a crueldade animal e a exploração intensiva na indústria de laticínios. Com biO2 Protein, você faz escolhas conscientes que beneficiam sua saúde, respeitam os direitos dos animais e protegem o planeta.

40 - Política de satisfação garantida

Caso não esteja satisfeito(a) com sua biO2 Protein, entre em contato para conhecer a nossa política de satisfação garantida através do e-mail: atendimento@bio2organic.com.br. Estamos aqui para garantir que sua experiência com a biO2 seja sempre positiva e satisfatória!

Barra Proteína biO2
Linha Protein & Performance

Todas barras contém proteína vegetal

REVOLUÇÃO ALIMENTAR

Produtos com proteína vegana

Aproveite e use o cupom “NOWHEY” e aproveite 10% de desconto em todos os produtos da linha biO2 Protein.

Família biO2 Protein

Referências

MOUSQUER, C.J. et al. Produção de carne de vitelo: sistemas produtivos e aspectos zootécnicos. PUBVET, Londrina, V. 7, N. 23, Ed. 246, Art. 1629, Dezembro, 2013;

SVB. Livreto: saiba mais sobre leite;

MINISTÉRIO DA SAÚDE (Brasil). Guia alimentar para a população brasileira. 2. ed. Brasília, DF: Ministério da Saúde, 2014. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/guia_alimentar_populacao_brasileira_2ed.pdf;

Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos (NIH);

Bustamante et al. 2012. Estimating greenhouse gas emissions from cattle raising in Brazil. Climatic Change 115: 559;

EMATER. 2009/2010. Informativo da Produção Agrícola. Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural/ EMATER-DF;

Ercin AE, Aldaya M M , Hoekst ra AY. 2012. The water footprint of soy milk and soy burger and equivalent animal products. Ecological indicators: 18: 392-402;

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Produção agrícola. Safra de 2015;

Mekonnen M M , Hoekstra AY 2012. A global assessment of the Water footprint of farm animal products. Ecosystems 15: 401-415 Appendix V;

Water footprint of animal products (m3/ton). Período 1996-2005;

Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO). 4ª edição. 2011. Unicamp. www.unicamp.br/nepa/taco/;

Tilman, D. & Clark, M. 2014. Global diet s link environment al sustainabilit y and human healt h. Nature 515, 518-522.

X